Privilégios, vigilância e planejamento: a luta pelos sentidos na ação da censura

Autores

  • Ivan Paganotti Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1982-677X.rum.2017.134371

Palavras-chave:

Censura, literatura, história, política, ficção

Resumo

Resenha do livro DARNTON, Robert. Censores em ação: como os Estados influenciaram a literatura. São Paulo: Cia das Letras, 2016.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ivan Paganotti, Universidade de São Paulo

Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo, realizou doutorado-sanduíche sobre regulação midiática no Centro de Estudos Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho, com bolsa Capes-PDSE. Professor dos cursos de pós-graduação lato sensu do Digicorp/ECA-USP e da Universidade Anhembi-Morumbi, é membro do Grupo de Estudos de Linguagem: Práticas Midiáticas (Midiato/ECA-USP).

Referências

DARNTON, Robert. O significado cultural da censura: a França de 1789 e a Alemanha Oriental de 1989. Revista Brasileira de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, v. 7, n. 18, p. 5-17, fev. 1992.

______. Os best-sellers proibidos da França pré-revolucionária. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

______. Censores em ação: como os Estados influenciaram a literatura. São Paulo: Companhia das Letras, 2016.

Downloads

Publicado

2017-11-23

Como Citar

PAGANOTTI, I. Privilégios, vigilância e planejamento: a luta pelos sentidos na ação da censura. RuMoRes, [S. l.], v. 11, n. 22, p. 341-351, 2017. DOI: 10.11606/issn.1982-677X.rum.2017.134371. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/Rumores/article/view/134371. Acesso em: 30 nov. 2020.

Edição

Seção

Resenhas