Telejornalismo universitário e acessibilidade

um caminho em formação

  • Fabiana Piccinin Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC)
  • Michele Negrini Universidade Federal de Pelotas
  • Roberta Roos Universidade Federal do Pampa
Palavras-chave: Ensino de telejornalismo, Inclusão, Telejornalismo universitário, Pampa News, Unisc Notícias

Resumo

O ensino de telejornalismo é um assunto dotado de complexidades e que carece de constantes ressignificações. Nesta seara, os programas jornalísticos universitários para TV são espaços que dão suporte ao ensino e que possibilitam o desenvolvimento de atividades práticas no contexto das universidades. Esses programas têm passado por reconfigurações para atingir uma audiência diversificada e para levar em consideração questões de inclusão. Diante disso, a proposta deste artigo é fazer uma reflexão sobre o ensino de telejornalismo levando em consideração as práticas inclusivas desenvolvidas em telejornais universitários. Tomamos como objeto de discussão e análise o Pampa News, desenvolvido na Universidade Federal do Pampa, e o Unisc Notícias, desenvolvido na Universidade de Santa Cruz, problematizando os movimentos e adaptações feitas pelos programas com vistas também à inclusão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabiana Piccinin, Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC)

Jornalista e Licenciada em Letras. Doutora pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS). Professora e pesquisadora do Departamento de Comunicação Social e do programa de pós-graduação mestrado e doutorado em Letras na Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC). Integrante do GENALIM, Grupo de Estudos sobre Narrativas Literárias e Midiáticas (CNPQ), e do GIPTele, Grupo Interinstitucional de pesquisa sobre Telejornalismo.

Michele Negrini, Universidade Federal de Pelotas

Jornalista. Mestre em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Doutora em Comunicação pela PUC-RS. Tem pós-doutorado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), no programa de pós-graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas. Professora da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Integrante do núcleo de pesquisadores do Grupo Interinstitucional de Pesquisa em Telejornalismo (GIPTele) e integrante do Centro de Pesquisa em Estudos Culturais e Transformações na Comunicação (TRACC).

Roberta Roos, Universidade Federal do Pampa

Jornalista. Mestre em Educação pela Universidade de Passo Fundo (UPF). Doutoranda em Comunicação na UFSM. Professora da Universidade Federal do Pampa (Unipampa) – Campus São Borja. Integrante do núcleo de pesquisadores do Grupo Interinstitucional de Pesquisa em Telejornalismo (GIPTele).

Publicado
2018-12-20
Como Citar
PICCININ, F.; NEGRINI, M.; ROOS, R. Telejornalismo universitário e acessibilidade. Rumores, v. 12, n. 24, p. 313-332, 20 dez. 2018.
Seção
Artigos