Rádio Novo

a crítica social e a experimentação estética no rádio ficcional brasileiro dos anos 1950

  • Eduardo Vicente Universidade de São Paulo
Palavras-chave: História do rádio no Brasil, Radiodrama, Dias Gomes, Osvaldo Molles, Túlio de Lemos

Resumo

Este texto discute a produção radiofônica ficcional brasileira dos anos 1950 a partir da perspectiva da politização, do engajamento e das preocupações estéticas expressos em trabalhos desenvolvidos por Túlio de Lemos, Dias Gomes e Osvaldo Molles. Além de oferecer uma visão do trabalho desses realizadores, o texto visa contextualizar as suas obras tanto em relação ao cenário radiofônico do período como diante do contexto mais geral da produção simbólica nacional. Além disso, é oferecida uma reflexão sobre a relação entre os trabalhos desses autores e as preocupações então expressas pelo Partido Comunista Brasileiro, criado em 1922, em relação à área de cultura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Vicente, Universidade de São Paulo

Professor Associado da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Coordenador do MidiaSon – Grupo de Estudos e Produção em Mídia Sonora, bolsista de produtividade PQ.2/CNPq.

Referências

CALABRE, Lia. O rádio na Sintonia do Tempo: radionovelas e cotidiano (1940-1946). Rio de Janeiro: Edições Casa de Rui Barbosa, 2006.

CARMO, Laura do. Apresentação. In CARMO, L. do (org.). Oduvaldo Vianna: Herança de Ódio. Rio de Janeiro: Casa de Ruy Barbosa, 2007.

DIAS GOMES, Alfredo. Apenas Um Subversivo. Rio de Janeiro: Bertrand Russell, 1998.

FAUSTO, Bóris. História do Brasil. 2ª ed. São Paulo: Edusp, 1995.

FERREIRA, Muniz G. O PCB e a organização do campo intelectual brasileiro. In ROXO, M. E SACRAMENTO, I. (orgs.) Intelectuais Partidos: os comunistas e as mídias no Brasil. Rio de Janeiro: E-papers, 2012.

GOLDEFEDER, Miriam. Por Trás das Ondas da Rádio Nacional. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1990.

GOULART, Silvana. Sob a Verdade Oficial: ideologia, propaganda e censura no Estado Novo. Rio de Janeiro: Marco Zero/CNPq, 1990.

GUERRINI Jr., Irineu. De Um Sótão no Quartier Latin Para Uma Kitchinete na Avenida São João: La Boheme e Outras Óperas na Rádio Tupy de São Paulo. Comunicare: Revista de Pesquisa da Faculdade Cásper Libero, 5(2), 2005, 67-75.

__________________. Tulio de Lemos e seus admiráveis roteiros. São Paulo: Terceira Margem, 2013.

MORAES, Dênis de. Graciliano, literatura, criação cultural e engajamento. Contracampo, V.15 (online). UFF, 2006, p. 96-112.

MUGNAINI Jr, Ayrton. Dá Licença de Eu Contar. São Paulo: Editora 34, 2002.

NAPOLITANO, Marcos. O PCB e a resistência cultural comunista (1964-1968). In ROXO, M. E SACRAMENTO, I. (orgs.) Intelectuais Partidos: os comunistas e as mídias no Brasil. Rio de Janeiro: E-papers, 2013.

ORTIZ, Renato. A Moderna Tradição Brasileira. São Paulo: Brasiliense, 1994.

ORTRIWANO, Gisela. A Informação no Rádio: os grupos de poder e a determinação dos conteúdos. São Paulo: Summus, 1985.

SACCHETTA, H. Apresentação. In: Piquenique Classe C. MOLLES, O. São Paulo: Boa Leitura Editora, sem data.

SACRAMENTO, I. Dias Gomes e a intelectualidade comunista nas modernizações midiáticas: rádio e televisão (1944-1979). In ROXO, M. e SACRAMENTO, I. (orgs.) Intelectuais Partidos: os comunistas e as mídias no Brasil. Rio de Janeiro: E-papers, 2012.

SAROLDI, Luiz C.; MOREIRA, Sônia V. Rádio Nacional: O Brasil em Sintonia. Rio de Janeiro: Funarte, 1984.

VIANNA, Deocelia. Companheiros de Viagem. São Paulo: Brasiliense, 1984.

VICENTE, Eduardo. Radiodrama em São Paulo: A História de Zé Caolho, de Dias Gomes. Observatorio (OBS*), V.7/N.1, 2013, p. 173-185

VICENTE, Eduardo; SOARES, Rosana. Entre o rádio e a televisão: gênese e transformações das novelas brasileiras. Revista da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação E-compós, Brasília, v.19, n.2, maio/ago, pp. 1-17, 2016

Depoimentos

FAZIO, Bárbara. Depoimento ao autor, outubro de 2014.

SACCHETTA, Vladimir. Depoimento ao autor, setembro de 2017.

Gravações

Dias Gomes. Sonho e Fantasia: a história de Zé Caolho. São Paulo Rádio Bandeirantes, 1952.

Publicado
2018-12-20
Como Citar
VICENTE, E. Rádio Novo. Rumores, v. 12, n. 24, p. 173-191, 20 dez. 2018.
Seção
Dossiê