Quando o jornalismo político é uma piada

análise do conteúdo político do Sensacionalista e sua repercussão em mídias sociais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1982-677X.rum.2018.146594

Palavras-chave:

Jornalismo e política, Humor, Notícias falsas, Sensacionalista

Resumo

Este artigo tem por objetivo analisar os conteúdos publicados no site de humor Sensacionalista, a fim de compreender quanto deste conteúdo se relaciona com a política no sentido estrito. Partindo de uma discussão sobre acuidade jornalística e fake news, empreendeu-se uma análise de conteúdo sobre as postagens coletadas, buscando-se identificar quais foram os conteúdos de humor sobre política mais repercutidos entre os usuários do Facebook. Embora a proporção de conteúdos sobre política presentes na amostra não seja inicialmente expressiva, esses conteúdos estão entre os que geram maior interesse dos leitores do website.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Viktor Chagas, Universidade Federal Fluminense

Professor e pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense (UFF). Bolsista CNPq de Pós-Doutorado Jr. pela Universidade Federal da Bahia (UFBA/INCT.DD). Doutor em História, Política e Bens Culturais (Cpdoc/FGV).

Fernanda Freire, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Mestre em Comunicação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj).

Downloads

Publicado

2018-12-20

Como Citar

CHAGAS, V.; FREIRE, F. Quando o jornalismo político é uma piada: análise do conteúdo político do Sensacionalista e sua repercussão em mídias sociais. RuMoRes, [S. l.], v. 12, n. 24, p. 271-292, 2018. DOI: 10.11606/issn.1982-677X.rum.2018.146594. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/Rumores/article/view/146594. Acesso em: 28 out. 2020.

Edição

Seção

Artigos