O papel estratégico da crítica na formação do pensamento cinematográfico

  • Ismail Xavier Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Cinema, cinefilia, cineclube, cinemateca, crítica cinematográfica

Resumo

Este artigo focaliza três momentos significativos da reflexão e do debate sobre o cinema no século XX, a fim de caracterizar formas de articulação entre o exercício da crítica em periódicos e a produção escrita ligada a núcleos de formação da cinefilia, como os cineclubes, e a centros de formação e pesquisa, como as cinematecas e, notadamente a partir dos anos 1960, as universidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ismail Xavier, Universidade de São Paulo

Professor associado da Universidade de São Paulo. mestre em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1975), doutor em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1980) e doutor em Cinema Studies – New York University (1982).

Referências

AVELLAR, J. C. A ponte clandestina: teorias de cinema na América Latina. São Paulo: Ed. 34/Edusp, 1995.
BAZIN, A. O que é o cinema? São Paulo: Ubu, 2018.
CANUDO, R. L’usine aux images. Paris: Etienne Chiron, 1927.
DANEY, S. Ciné journal: 1981-1986. Paris: Cahiers du Cinéma, 1986.
DELEUZE, G. A imagem-movimento. Tradução de Stella Senra. São Paulo: Brasiliense, 1985.
DELEUZE, G. A imagem-tempo. Tradução de Eloísa de Araújo Ribeiro. São Paulo: Brasiliense, 1990.
DESNOS, R. Cinéma: textes reunis et présentés par André Techernia. Paris: Gallimard, 1966.
ELSAESSER, T; BARKER, A. Early cinema: space, frame, narrative. London: BFI Publishing, 1990.
EPSTEIN, J. Écrits sur le cinema. Paris: Seghers, 1974. t. 1.
EPSTEIN, J. Bonjour cinéma. Paris: Éditions de la Sirène, 1921.
LEYDA, J. Kino: a history of Russian and Soviet film. London: Allen & Unwin Pub, 1960.
LEYDA, J. Dianying/electric shadows: an account of the film audience in China. Cambridge, The MIT Press, 1972.
LINDSAY, V. The art of the moving picture. New York: Modern Library, 2000.
MACEDO, A. A evolução estética do cinema. Lisboa: Clube bibliográfico Editex, 1959.
MERLEAU-PONTY, M. O cinema e a nova psicologia. In: GRUNEWALD, J. L. (Org.). A ideia do cinema. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1969. p. 101-118.
MUNSTERBERG, H. Photoplay: a psychological study. Nova York: Dover Pub, 1970.
SITNEY, P. A. Visionary cinema. Nova York: The Oxford Press, 1974.
XAVIER, I. Sétima arte: um culto moderno: o idealismo estético e o cinema. 2. ed. São Paulo: Edições Sesc, 2017.
Publicado
2019-06-13
Como Citar
XAVIER, I. O papel estratégico da crítica na formação do pensamento cinematográfico. Rumores, v. 13, n. 25, p. 12-31, 13 jun. 2019.
Seção
Dossiê