Recepção e consumo de Rebelde-RBD por parte dos jovens

  • Fernanda Elouise Budag Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM).
  • Maria Aparecida Baccega Universidade de São Paulo (USP) e Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM).
Palavras-chave: Recepção, consumo, telenovela.

Resumo

Neste texto buscamos trabalhar as questões da recepção e do consumo da telenovela Rebelde e do grupo musical RBD por parte de jovens. Apresentam-se alguns resultados de uma pesquisa cujo objetivo é identificar os valores em Rebelde e contrastá-los com os percebidos pelos receptores, com a intenção de compreender as ressignificações efetuadas por estes sujeitos. Neste processo, procuram-se detectar as singularidades das identidades dos jovens receptores pesquisados, assim como as peculiaridades das práticas de consumo inseridas nesse circuito.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Elouise Budag, Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM).
Mestranda do Programa de Mestrado em Comunicação e Práticas de Consumo (Escola Superior de Propaganda e Marketing – ESPM). fernanda.budag@gmail.com.
Maria Aparecida Baccega, Universidade de São Paulo (USP) e Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM).
Livre-docente (Universidade de São Paulo – USP), docente/pesquisadora do Programa de Mestrado em Comunicação e Práticas de Consumo (Escola Superior de Propaganda e Marketing – ESPM).
Publicado
2008-06-25
Como Citar
BUDAG, F.; BACCEGA, M. Recepção e consumo de Rebelde-RBD por parte dos jovens. Rumores, v. 1, n. 2, 25 jun. 2008.
Seção
Artigos