A entrevista no telejornalismo e no documentário: possibilidades e limitações

  • Christina Ferraz Musse Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).
  • Mariana Ferraz Musse Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).
Palavras-chave: Entrevista, telejornalismo, documentário, verdade, narrativa.

Resumo

A entrevista como estratégia de construção da verdade na narrativa telejornalística e documental. Os diversos tipos de entrevista. A relação entre o entrevistador e o entrevistado, o documentarista e o documentado. O dito e o não-dito. Os espaços da objetividade e da subjetividade na representação do real. Verdade e ficção. A fala e o silêncio. A memória e o tempo presente. A aproximação com o personagem narrado. A produção do personagem. A dramatização da narrativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Christina Ferraz Musse, Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).
Coordenadora do Curso de Comunicação Social Diurno da UFJF; membro permanente do Programa de Pós- Graduação em Comunicação da UFJF; coordenadora do projeto de pesquisa Televisão e Imaginário Urbano: as narrativas da cidade no espaço dos telejornais, financiado pela Fapemig.
Mariana Ferraz Musse, Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).
Aluna do Curso de Comunicação Social Diurno da UFJF; bolsista de Iniciação Científica do projeto de pesquisa Televisão e Imaginário Urbano: as narrativas da cidade no espaço dos telejornais, coordenado pela professora doutora Christina Ferraz Musse.
Publicado
2010-12-06
Como Citar
MUSSE, C.; MUSSE, M. A entrevista no telejornalismo e no documentário: possibilidades e limitações. RuMoRes, v. 4, n. 8, 6 dez. 2010.
Seção
Artigos