A representação do ato de fumar no processo de construção do Ethos

  • Hilton Castelo Universidade Tuiuti do Paraná (UTP).
Palavras-chave: Regimes de visibilidade, ethos, cena da enunciação, ato de fumar.

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar imagens do enunciador e do co-enunciador, em um discurso de natureza nãoverbal que tenha o cigarro como elemento comunicacional emblemático, sustentando-se na sintaxe do ver, conforme Landowski, e na teoria do ethos, na perspectiva de Eggs, Amossy e Maingueneau. Para tanto, a partir de foto jornalística veiculada numa coluna social do jornal Folha de S. Paulo, discutem-se os regimes de visibilidade, a construção do ethos e sua força comunicacional, a cena da enunciação, para, enfim, analisar o ato de fumar em um ethos específico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hilton Castelo, Universidade Tuiuti do Paraná (UTP).
Mestrando em Comunicação e Linguagens (Universidade Tuiuti do Paraná),especialista em Leituras de Múltiplas Linguagens (PUC-PR), graduado em Publicidade e Propaganda (UFPR). Professor de Publicidade e Propaganda (Universidade Positivo-PR).
Publicado
2010-12-06
Como Citar
CASTELO, H. A representação do ato de fumar no processo de construção do Ethos. Rumores, v. 4, n. 8, 6 dez. 2010.
Seção
Artigos