Demarcando fronteiras na tela da TV: as representações de alteridade na cobertura jornalística internacional

Autores

  • José Augusto Mendes Lobato Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1982-677X.rum.2015.97210

Palavras-chave:

Telejornalismo, alteridade, representação, narrativa, imagem.

Resumo

A proposta deste artigo é discutir a enunciação da alteridade na narrativa jornalística, tomando como base a cobertura internacional de quatro emissoras de TV (Globo, SBT, Record e Cultura) sobre a crise da região da Crimeia, na Ucrânia. Com base em conceitos das ciências da linguagem, das teorias do jornalismo, da semiótica da cultura e de reflexões sobre a imagem, dez matérias são examinadas para identificar os procedimentos que envolvem a conversão do Outro em informação jornalística – como os jogos de oposição, o reforço da função testemunhal e os processos de tradução e demarcação de fronteiras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Augusto Mendes Lobato, Universidade de São Paulo

Doutorando em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP). Mestre em Comunicação pela Faculdade Cásper Líbero (2011) e graduado em Comunicação Social – Jornalismo pela Universidade da Amazônia (2009).

Referências

ARISTÓTELES. Poética. In: Coleção os pensadores: Aristóteles. São Paulo: Editora Nova Cultural, 1996.

BAZIN, A. Ontologia da imagem fotográfica In: A Experiência do Cinema. Org. Ismail Xavier. Rio de Janeiro: Graael, Embrafilme, 1983.

BENEDETI, C. A qualidade da informação jornalística. Florianópolis: Insular, 2009.

BHABHA, H. O local da cultura. Belo Horizonte: UFMG, 1998.

BUCCI, E. Ubiquidade e instantaneidade no telespaço público. Revista Caligrama. Estudos e Pesquisa em Linguagem e Mídia. V.2, nº 3, 2006.

COUTINHO, I. Lógicas de produção do real no telejornal. In: GOMES, Itania Maria Mota (Org.). Televisão e realidade. Salvador: EDUFBA, 2009. 298 p.

______. Dramaturgia do telejornalismo. 1. ed. Rio de Jan.: Mauad-X, 2012.

DEBRAY, R. Vida e morte da imagem. Petrópolis: Vozes, 1993.

FLUSSER, V. O mundo codificado. São Paulo: Cosac & Naify, 2007.

______. Filosofia da caixa preta. SP: Hucitec, 2011.

GOMES, M. R. Jornalismo e ciências da linguagem. SP: Edusp e Hacker Editores, 2000.

______. Poder no jornalismo. São Paulo: Hacker/Edusp, 2003.

______. Comunicação e identificação: ressonâncias no jornalismo. Cotia: Ateliê Editorial, 2008.

HALL, S. A identidade cultural na pós-modernidade. RJ: Guaracira Lopes Louro, 2001.

JOST, F. Que significa falar de “realidade” para a televisão? In: GOMES, Itania Maria Mota (Org.). Televisão e realidade. Salvador: EDUFBA, 2009. 298 p.

AUTOR. O próximo e o distante: a compreensão do outro na ficção seriada. Dissertação de mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Faculdade Cásper Líbero. São Paulo. 2011.

AUTOR. A construção da alteridade na TV: estratégias e procedimentos de enunciação do outro no telejornalismo e na ficção. Trabalho apresentado no XXXVI Congresso Brasileiro da Intercom, 2013.

LEAL, B. S. Telejornalismo e autenticação do real: Estratégias, espaços e acontecimentos. In: GOMES, Itania Maria Mota (Org.). Televisão e realidade. Salvador: EDUFBA, 2009. 298 p.

LOTMAN, I. Acerca de la semiosfera. In: La semiosfera. Vol. 1. Madrid: Cátedra, 1998.

MACHADO, A. As vozes do telejornal. In: A televisão levada a sério. São Paulo: Senac, 2000.

______. Pré-cinemas e pós-cinemas. Campinas: Papirus, 2002.

MOSCOVICI, S. Representações sociais. Petrópolis, Vozes, 2003.

PALÁCIOS, M. Convergência e memória: jornalismo, contexto e história. In: Revista MATRIZes, ano 4, nº 1, págs. 37-50, 2010.

SPONHOLZ, L. Jornalismo, conhecimento e objetividade. Florianópolis: Insular, 2009.

TODOROV, T. A conquista da América: a questão do outro. São Paulo: Martins Fontes, 1993.

WOODWARD, K. Identidade e diferença: uma introdução teórico e conceitual. In: SILVA, Tomaz Tadeu da. Identidade e Diferença. A perspectiva dos Estudos Culturais. Petrópolis: Vozes, 2000.

Downloads

Publicado

2015-12-22

Como Citar

LOBATO, J. A. M. Demarcando fronteiras na tela da TV: as representações de alteridade na cobertura jornalística internacional. RuMoRes, [S. l.], v. 9, n. 18, p. 365-383, 2015. DOI: 10.11606/issn.1982-677X.rum.2015.97210. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/Rumores/article/view/97210. Acesso em: 2 dez. 2020.

Edição

Seção

Artigos