Superfície da cidade: arte, cotidiano e política nas intervenções urbanas

Autores

  • Ana Karina de Carvalho Oliveira Universidade Federal de Minas Gerais
  • Cláudia Graça da Fonseca Universidade Federal de Minas Gerais
  • Angela Cristina Salgueiro Marques Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1982-677X.rum.2015.99473

Palavras-chave:

Intervenções urbanas, táticas, política, poética do cotidiano.

Resumo

O objetivo deste trabalho é refletir sobre intervenções artísticas que buscam legitimar a cidade como locus da construção e expressão de identidades individuais e coletivas, da manifestação de causas e desejos e do desenvolvimento de ações comunicativas que buscam transformar a aparência e a vida dos espaços urbanos. Analisa-se o trabalho do grupo Poro (Belo Horizonte) a partir de sua intenção de promover transformações na cidade e nas pessoas por meio de táticas criativas de enunciação e questionamento daquilo que é considerado partilhado por uma coletividade. Procura-se revelar se as intervenções urbanas do grupo, ao se inserirem e dialogarem com a vida pública,oferecem novas percepções da cidade articuladas a um fazer político que tem a estética e a poética como bases.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Karina de Carvalho Oliveira, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutoranda em Comunicação Social pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Mestre em Comunicação Social e especialista em comunicação, imagens e culturas midiáticas pela UFMG.

Cláudia Graça da Fonseca, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutora em Comunicação Social pela Universidade Federal de Minas Gerais. Pesquisadora do Centro de Convergência de Novas Mídias da UFMG.

Angela Cristina Salgueiro Marques, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutora em Comunicação Social pela UFMG. Professora do Programa de Pós-graduação da Universidade Federal de Minas Gerais. Pesquisadora do CNPq.

Referências

BRETAS, Beatriz. Ativismos da rede: possibilidades para a crítica de mídia na internet. In: BRETAS, Beatriz (Org.). Narrativas telemáticas. Belo Horizonte: Autêntica, 2006, p. 129-142.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano: 1. Artes de fazer. 3ª ed. Petrópolis: Editora Vozes, 1998. p. 38-74; 91-106; 169-189.

DIDI-HUBERMAN, G. Sobrevivência dos vaga-lumes. Trad. CASA NOVA, V.; ARBEX, Márcia. Belo Horizonte, Ed. UFMG, 2011.

FONSECA, Cláudia Graça da; SILVA, Regina Helena Alves. Diálogos da rua: uma cartografia dos sentidos e usos do Centro de Belo Horizonte. In: VI Encontro dos Núcleos de Pesquisa da Intercom. Trabalho apresentado ao Núcleo de Pesquisa Comunicação e Culturas Urbanas. Belo Horizonte, 2005.

GONÇALVES, Fernando do Nascimento. “Poéticas políticas, políticas poéticas: comunicação e sociabilidade nos coletivos artísticos brasileiros”. Revista E-compós, Brasília, v.13, n°1, janeiro-abril de 2012. p. 1-14.

GONÇALVES, Fernando do Nascimento. Revisitando o lugar do poético e do político nas práticas artísticas urbanas. Trabalho apresentado ao Grupo de Trabalho Comunicação e Sociabilidade do XX Encontro da Compós, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, de 14 a 17 de junho de 2011.

GUATTARI, Félix. Caosmose: um novo paradigma estético. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1992.

GUIMARÃES, César. O campo da comunicação e a experiência estética. In:WEBER, M. et alli (org.). Tensões e objetos da comunicação. Porto Alegre: Sulina, 2002, p.83-100.

GUMBRECHT, Hans Ulrich. Pequenas crises: experiência estética nos mundos cotidianos. In: GUIMARÃES, César; LEAL, Bruno Souza; MENDONÇA, Carlos Camargos (orgs). Comunicação e experiência estética. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2006.

LEFREBVRE, Henri. Henri Lefebvre e a Internacional Situacionista. Interview conducted and translated 1983 by Kristen Ross. Printed in October 79, Winter 1997. Tradução para o português por Cláudio Roberto Duarte. Disponível em <http://editoraderiva.multiply.com/reviews/item/20>. Acesso em 02 dez. 2011.

MACIEIRA, Cássia; PONTES, Juliana (orgs). Na Rua: pós-grafite, moda e vestígios. Belo Horizonte: Ed. Universidade FUMEC – Faculdade de Engenharia e Arquitetura, 2007.

MAZETTI, Henrique Moreira. “Entre o afetivo e o ideológico: as intervenções urbanas como políticas pós-modernas”. Revista ECO-PÓS - V.9, N°2, agosto-dezembro de 2006, p. 123-138.

MOUFFE, Chantal. “Artistic Activism and agonistic spaces”. Art & Research, v.1, n.2, 2007, p.1-5.

OLIVEIRA, Rita de Cássia Alves. Estéticas juvenis: intervenções nos corpos e na metrópole. In: Comunicação, mídia e consumo. Ano 4, vol.4, n°9. São Paulo: ESPM – Escola Superior de Propaganda e Marketing, 2007.

PONTES, Juliana. A cidade na superfície. In: MACIEIRA, Cássia; PONTES, Juliana. Na rua: pós-grafite, moda e vestígios. Belo Horizonte: Ed. Universidade FUMEC – Faculdade de Engenharia e Arquitetura, 2007a.

PONTES, Juliana. Margens urbanas, territórios fluidos. In: MACIEIRA, Cássia; PONTES, Juliana. Na rua: pós-grafite, moda e vestígios. Belo Horizonte: Ed. Universidade FUMEC – Faculdade de Engenharia e Arquitetura, 2007b.

PORO - Intervenções urbanas e ações efêmeras. Direção e produção: Rede Jovem de Cidadania e Grupo Poro. Belo Horizonte, Brasil, 2009. Disponível em <http://poro.redezero.org/video/documentario/>. Último acesso em 04 dez. 2011.

PORO. Página oficial do grupo. Disponível em <http://poro.redezero.org/>. Último acesso em 04 dez. 2011.

RANCIÈRE, Jacques. A partilha do sensível: Estética e política. 2ª ed. São Paulo: Editora 34, 2009.

RANCIÈRE, Jacques. La Mésentente– politique et philosophie. Paris, Galilée, 1996.

RANCIÈRE, Jacques. Política da arte. São Paulo: Sesc-SP, 2005. Disponível em <http://www.4shared.com/get/ffLljMiI/A_Poltica_da_Arte.html;jsessionid=BC688AD2FC944B7B37E493D59B7614DA.dc323>. Acesso em 22 jul. 2011.

RANCIÈRE, Jacques. Políticas da Escrita. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1995.

RANCIÈRE, Jacques. “A estética como política”. Trad. Augustin de Tugny. Revista Devires – Cinema e Humanidades, Belo Horizonte, v. 7, n. 2, 2010.

VELLOSO, Rita de Cássia Lucena. Cotidiano selvagem. Arquitetura na Internationale Situationniste. Arquitextos, São Paulo, 03.027, Vitruvius, ago 2002. Disponível em <http://vitruvius.es/revistas/read/arquitextos/03.027/758>.

Downloads

Publicado

2015-12-22

Como Citar

OLIVEIRA, A. K. de C.; FONSECA, C. G. da; MARQUES, A. C. S. Superfície da cidade: arte, cotidiano e política nas intervenções urbanas. RuMoRes, [S. l.], v. 9, n. 18, p. 127-149, 2015. DOI: 10.11606/issn.1982-677X.rum.2015.99473. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/Rumores/article/view/99473. Acesso em: 3 dez. 2020.

Edição

Seção

Artigos