Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Aplicação da versão brasileira do questionário de dor Mcgill em idosos com dor crônica

Clarissa Cardoso dos Santos, Leani Souza Máximo Pereira, Marcos Antônio de Resende, Frederico Magno, Vanessa Aguiar

Resumo


A dor crônica é uma experiência multidimensional que envolve aspectos sensório-perceptual, afetivo-motivacional e cognitivo-avaliativo que se interagem e contribuem para a resposta dolorosa final. As alterações características do processo do envelhecimento em cada um desses aspectos podem interferir na experiência da dor, dificultando a sua avaliação adequada. O uso de uma escala multidimensional como o Questionário de dor McGill (MPQ) possibilita uma avaliação mais adequada desse sintoma. Os objetivos desse estudo foram verificar a confiabilidade intra e inter examinadores da aplicação do Br-MPQ em idosos com dor crônica em decorrência de doenças ortopédicas e neurológicas.Participaram desse estudo 19 idosos com doenças ortopédicas (71,21  7,51 anos) e 19 idosos com doenças neurológicas (69,79  5,30 anos) apresentando o diagnóstico de dor crônica, encaminhados pelo serviço médico, sem alterações cognitivas. A confiabilidade geral intra e interexaminadores nos idosos com doenças ortopédicas foram 0,86 e 0,89, respectivamente, e para idosos com doenças neurológicas de 0,71 e 0,68, respectivamente (Spearman, p<0,05). Os resultados mostraram que o Br-MPQ foi de fácil aplicação (8,54  2,35 minutos) nessa amostra. O presente estudo demonstrou que o Br-MPQ pode ser mais adequado para avaliar a dor crônica em idosos, uma vez que a percepção desse sintoma está mais relacionada aos aspectos sensoriais, afetivos e cognitivo-avaliativos e não somente à intensidade.

Palavras-chave


Dor crônica, idoso, questionário de dor McGill

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5935/0104-7795.20060002

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.