A hidroginástica como meio para manutenção da qualidade de vida e saúde do idoso

  • Clarissa Stefani Teixeira Universidade Federal de Santa Maria
  • Érico Felden Pereira Universidade Federal de Santa Maria.
  • Angela Garcia Rossi Universidade Federal de Santa Maria
Palavras-chave: motor activity, aging, quality of life

Resumo

Evidências científicas apontam para os importantes benefícios da prática de atividades físicas para os idosos, considerando sua mobilidade, saúde física e mental e qualidade de vida. A hidroginástica tem sido apontada como uma alternativa para inserção dos idosos nas práticas corporais e para a promoção de um estilo de vida mais ativo e saudável, mas, que, ainda carece de maiores investigações sobre seu real efeito sobre a saúde e a qualidade de vida dessa população e principalmente, metodologias de trabalho para esse fim. Desta forma, esta pesquisa bibliográfica objetivou realizar uma busca de estudos sobre hidroginástica para a terceira idade, discutindo e apresentando seus resultados, buscando relações com a promoção da saúde e qualidade de vida dessa população. As leituras nos permitiram vislumbrar que a hidroginástica favorece o desenvolvimento de algumas importantes qualidades físicas como resistência cardiorrespiratória, força e flexibilidade. Como qualquer outra forma de exercitação, deve ser praticada de forma contínua, principalmente, considerando indivíduos na terceira idade e pode também ser unida a atividades de relaxamento e recreação. As relações da prática da hidroginástica com a saúde dos idosos nos estudos analisados consideraram principalmente o desempenho em testes motores o que remete a necessidade de estudos que analisem também as repercussões dessas práticas sobre a qualidade de vida enquanto uma percepção de bem estar dos idosos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Clarissa Stefani Teixeira, Universidade Federal de Santa Maria
Professora Especialista em Atividade Física, Desempenho Motor e Saúde pela Universidade Federal de Santa Maria. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Distúrbios da Comunicação Humana da Universidade Federal de Santa Maria. Bolsista CAPES.
Érico Felden Pereira, Universidade Federal de Santa Maria.
Professor Especialista em Atividade Física, Desempenho Motor e Saúde pela Universidade Federal de Santa Maria. Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Educação Física da Universidade Federal de Santa Catarina. Bolsista CAPES.
Angela Garcia Rossi, Universidade Federal de Santa Maria
Professora Doutora do Curso de Pós-Graduação em Distúrbios da Comunicação Humana da Universidade Federal de Santa Maria
Publicado
2007-12-09
Como Citar
Teixeira, C., Pereira, Érico, & Rossi, A. (2007). A hidroginástica como meio para manutenção da qualidade de vida e saúde do idoso. Acta Fisiátrica, 14(4), 226-232. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/actafisiatrica/article/view/102868
Seção
Artigo Original