Adaptação transcultural do ABILOCO: uma medida de habilidade de locomoção, específica para indivíduos pós acidente vascular encefálico

  • Patrick Roberto Avelino Universidade Federal de Minas Gerais
  • Iza Faria-Fortini Universidade Federal de Minas Gerais
  • Marluce Lopes Basílio Universidade Federal de Minas Gerais
  • Kênia Kiefer Parreiras de Menezes Universidade Federal de Minas Gerais
  • Lívia de Castro Magalhães Universidade Federal de Minas Gerais
  • Luci Fuscaldi Teixeira-Salmela Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: Acidente Vascular Cerebral, Locomoção, Comparação Transcultural

Resumo

O ABILOCO, específico para adultos pós Acidente Vascular Encefálico (AVE), é um questionário para avaliação de habilidade de locomoção. Para sua aplicação na população brasileira, é necessário que seja realizada a sua adaptação transcultural. Objetivo: Realizar a adaptação transcultural do ABILOCO para uso no Brasil. Métodos: O processo de adaptação transcultural seguiu diretrizes padronizadas, sendo realizado em cinco etapas: tradução, retrotradução, síntese das traduções, avaliação pelo comitê de especialistas e teste da versão pré-final. A versão pré-final foi aplicada em 10 indivíduos pós- AVE, que responderam ao questionário e foram indagados sobre como interpretaram cada item. Resultados: O processo de adaptação transcultural seguiu todas as recomendações propostas, sendo necessários apenas acréscimos em dois itens, para possibilitar melhor compreensão. Resultados satisfatórios foram obtidos no teste da versão pré-final, uma vez que não houve nenhum problema quanto à redação e clareza dos itens ou ao objetivo do questionário. Conclusão: A versão final do ABILOCO, denominada ABILOCO-Brasil, demonstrou satisfatório grau de equivalência semântica, conceitual e cultural para uso em contextos clínicos e de pesquisa no Brasil. Estudos futuros devem ser conduzidos para dar continuidade ao processo de validação do questionário

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patrick Roberto Avelino, Universidade Federal de Minas Gerais
Fisioterapeuta, Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG
Iza Faria-Fortini, Universidade Federal de Minas Gerais
Professora, Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG
Marluce Lopes Basílio, Universidade Federal de Minas Gerais
Professora, Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG
Kênia Kiefer Parreiras de Menezes, Universidade Federal de Minas Gerais
Fisioterapeuta, Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG
Lívia de Castro Magalhães, Universidade Federal de Minas Gerais
Professora, Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG
Luci Fuscaldi Teixeira-Salmela, Universidade Federal de Minas Gerais
Professora, Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG
Publicado
2016-12-29
Como Citar
1.
Avelino P, Faria-Fortini I, Basílio M, Menezes K, Magalhães L, Teixeira-Salmela L. Adaptação transcultural do ABILOCO: uma medida de habilidade de locomoção, específica para indivíduos pós acidente vascular encefálico. actafisiatrica [Internet]. 29dez.2016 [citado 19jul.2019];23(4):161-5. Available from: http://www.revistas.usp.br/actafisiatrica/article/view/137666
Seção
Artigo Original