Adaptação transcultural do “Pelvic Girdle Questionnaire” (PGQ) para o Brasil

  • Luan César Ferreira Simões Universidade Federal de Pernambuco
  • Luci Fuscaldi Teixeira-Salmela Universidade Federal de Minas Gerais. Departamento de Fisioterapia
  • Elaine Lima Silva Wanderley Universidade Federal de Pernambuco
  • Raphaela Rodrigues de Barros Universidade Federal de Pernambuco
  • Glória Elisabeth Carneiro Laurentino Universidade Federal de Pernambuco
  • Andrea Lemos Universidade Federal de Pernambuco
Palavras-chave: Dor da Cintura Pélvica, Inquéritos e Questionários, Tradução, Estudos de Validação

Resumo

O Pelvic Girdle Questionnaire (PGQ) possui boa confiabilidade teste-resteste, consistência interna e validade de construto. O instrumento é composto de 25 itens distribuídos em duas subescalas (atividades e sintomas). Objetivo: Adaptar transculturalmente para a população brasileira o “Pelvic Girdle Questionnaire” (PGQ). Método: O processo de adaptação transcultural ocorreu em 5 etapas: tradução, retrotradução, análise do comitê de especialistas, Estudo Delphi e pré-teste. Um Estudo Delphi foi adicionado ao processo para a submissão do instrumento à opinião de 17 fisioterapeutas especialistas de diversas regiões do país. Resultados: A partir dos resultados da tradução e retrotradução foi desenvolvida uma versão do PGQ sintetizada em português. Durante a etapa do comitê de especialistas não foram observadas diferenças semânticas entre a versão sintetizada quando comparada à original. Após consenso de mais de 80% dos especialistas do estudo Delphi, a versão do PGQ-Brasil foi aplicada na população-alvo durante o pré-teste. Sem mais alterações, a versão final do PGQ-Brasil foi concluída. Conclusão: O PGQ-Brasil demosntrouse bem adaptado para a realidade cultural da população brasileira, acrescentando-se, inclusive, o Estudo Delphi como ferramenta adicional para assegurar ainda mais a confiabilidade desse processo

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luan César Ferreira Simões, Universidade Federal de Pernambuco
Fisioterapeuta, Mestrando da Universidade Federal de Pernambuco – UFPE
Luci Fuscaldi Teixeira-Salmela, Universidade Federal de Minas Gerais. Departamento de Fisioterapia
Professora, Departamento de Fisioterapia, Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG
Elaine Lima Silva Wanderley, Universidade Federal de Pernambuco
Fisioterapeuta, Mestrando da Universidade Federal de Pernambuco – UFPE
Raphaela Rodrigues de Barros, Universidade Federal de Pernambuco
Graduanda em Fisioterapia, Universidade Federal de Pernambuco – UFPE
Glória Elisabeth Carneiro Laurentino, Universidade Federal de Pernambuco
Professora, Departamento de Fisioterapia, Universidade Federal de Pernambuco – UFPE
Andrea Lemos, Universidade Federal de Pernambuco
Professora, Departamento de Fisioterapia, Universidade Federal de Pernambuco – UFPE
Publicado
2016-12-29
Como Citar
Simões, L., Teixeira-Salmela, L., Wanderley, E., Barros, R., Laurentino, G., & Lemos, A. (2016). Adaptação transcultural do “Pelvic Girdle Questionnaire” (PGQ) para o Brasil. Acta Fisiátrica, 23(4), 166-171. https://doi.org/10.5935/0104-7795.20160032
Seção
Artigo Original