Marcha de absorção de ferro pela cana-de-açúcar em solos do estado de São Paulo

  • José Orlando Filho PLANALSUCAR; Seção de Nutrição e Fertilidade
  • Ermor Zambello Jr. PLANALSUCAR; Seção de Nutrição e Fertilidade
  • Henrique Paulo Haag USP; E.S.A. Luiz de Queiroz; Departamento de Química

Resumo

Objetivando estudar a absorção de ferro por colmos, folhas e "colmos + folhas" e a concentração de ferro na folha +3, em função da idade da cana-planta e da cana-soca, cultivou-se a variedade CB41-76, em 3 Grandes Grupos de Solos: Latossol Roxo (LR), Latossol Vermelho Escuro-orto (LE) e Podzolico Vermelho Amarelo variação Laras (PV1s). As amostragens, em intervalos de 2 meses, foram realizadas do 4º ao 16º mês (junho/74 - junho/75) para a cana-planta e do 4º ao 12º mês (dez./75 - agosto/76) para a cana-soca, utilizando-se para cada época e repetição, material vegetal proveniente de 3 metros lineares de sulco. O delineamento estatístico foi o de parcelas subdivididas no tempo, com 4 repetições. Verificou-se haver influencia do solo nas concentrações de ferro (colmos, folhas e folha +3) e na extração de ferro (colmos, folhas e "colmos + folhas"), para a cana-planta e cana-soca, sendo os valores do solo PV1s, inferiores aos dos solos LR e LE. A época de amostragem influiu significativamente nos teores de ferro na folha +3.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1979-01-01
Como Citar
Orlando Filho, J., Zambello Jr., E., & Haag, H. (1979). Marcha de absorção de ferro pela cana-de-açúcar em solos do estado de São Paulo . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 36, 387-402. https://doi.org/10.1590/S0071-12761979000100020
Seção
nd266580841