Extração de macronutrientes pela soja (Glycine max (L.) Merrill) em função dos níveis de NPK

  • Daltro Silva Cordeiro Centro Nacional de Pesquisa de Soja
  • José Renato Sarruge USP; E.S.A. Luiz de Queiroz; Departamento de Química
  • Henrique Paulo Haag USP; E.S.A. Luiz de Queiroz; Departamento de Química
  • Gilberto Diniz de Oliveira USP; E.S.A. Luiz de Queiroz; Departamento de Química
  • Ronaldo Ivan Silveira USP; E.S. A. Luiz de Queiroz; Departamento de Solos, Geologia e Fertilizantes

Resumo

O presente trabalho foi desenvolvido visando atingir os seguintes objetivos: 1. quantidade de nutrientes extraídos pelas diversas partes da planta; 2. quantidade exportada pela produção. Foi instalado em fatorial 3³ com três repetições em solo da série Guamium em Piracicaba, SP, usando-se a cultivar IAC-2 de hábito de crescimento indeterminado. Foram aplicados no sulco: 0, 20 e 40 kg de N por ha; 0, 60 e 120 kg de p2O5 por ha, e 0, 30 e 60 kg de K2O por ha. Foram colhidas amostras de plantas, em intervalos de 21 dias, a partir da emergência, até a queda parcial das folhas (105 dias) e analisadas para N, P, K, Ca, Mg e S. Os grãos, também foram analisados para os elementos citados. O período de maior velocidade da absorção dos nutrientes pelas folhas e caules esta entre 44 a 58 dias de idade para as folhas e entre 55-76 dias para os caules. As quantidades de nutrientes extraídos foram afetados pelas partes da planta, com exceção de N e Mg e pelas doses de P aplicados. O acumulo de N, P, K e Mg nos grãos foi afetado somente pelas doses de P aplicados. O acúmulo de Ca e S nos grãos não sofreu influência da adubação NPK.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1979-01-01
Como Citar
Cordeiro, D., Sarruge, J., Haag, H., Oliveira, G., & Silveira, R. (1979). Extração de macronutrientes pela soja (Glycine max (L.) Merrill) em função dos níveis de NPK . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 36, 551-604. https://doi.org/10.1590/S0071-12761979000100031
Seção
nd366901513