Efeito do sódio na produção de matéria seca em mudas de duas cultivares de algodoeiro mocó (Gossypium hirsutum L., var. Maria Galante Hucth.): cv. '9193' e 'c-71'

  • J.V. de C. Rocha Filho Universidade Federal da Paraíba
  • G.D. de Oliveira USP; E.S.A. Luiz de Queiroz; Departamento de Solos
  • J.R. Sarruge USP; E.S.A. Luiz de Queiroz; Departamento de Solos
  • A.F.J. Bellote USP; E.S.A. Luiz de Queiroz; Departamento de Solos
  • Z. Tenório EMBRAPA

Resumo

Durante um período de noventa dias, foi conduzido em casa de vegetação, um experimento inteiramente casualizado, com quatro repetições. Foram testados cinco níveis de sódio (0; 4; 40; 400; 4.000 ppm de sódio) utilizando-se duas fontes, cloreto e sulfato de sódio e duas cultivares de algodoeiro mocó (G. hirsutum, var. Maria Galante, Hucth.) !9193' e 'c-71', cultivadas em solução nutritiva. Os resultados mostraram que a dose 4 ppm de sódio provocou aumento na produção de matéria seca do algodoeiro, enquanto as doses 400 e 4.000 ppm de sódio, provocaram diminuição. Ocorreu efeito negativo na produção de materia seca da cultivar '9193' provocado pelo cloreto.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1979-01-01
Como Citar
Rocha Filho, J., Oliveira, G., Sarruge, J., Bellote, A., & Tenório, Z. (1979). Efeito do sódio na produção de matéria seca em mudas de duas cultivares de algodoeiro mocó (Gossypium hirsutum L., var. Maria Galante Hucth.): cv. ’9193’ e ’c-71’ . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 36, 605-614. https://doi.org/10.1590/S0071-12761979000100032
Seção
nd857615608