Tratamento térmico da manga: II - teste comparativo para cultivares

  • Vladimir Rodrigues Sampaio USP; E.S.A. Luiz de Queiroz; Departamento de Agricultura e Horticultura
  • Décio Barbin USP; E.S.A. Luiz de Queiroz; Departamento de Matemática e Estatística
  • Clarice Garcia B. Demétrio USP; E.S.A. Luiz de Queiroz; Departamento de Matemática e Estatística

Resumo

Frutos de seis cultivares de manga, Oliveira-Neto, Bourbon, Brasil, Extrema, Haden e Imperial foram submetidos a tratamentos por imersão em água quente a 50°C por 30 minutos e a 55°C por 10 minutos visando-se verificar a aceitação destes tratamentos e consequente controle das podridões de antracnose, Colletotrichum gloeosporioides Penz. O experimento mostrou perfeita aceitação pelas cultivares aos níveis de temperatura e tempos de exposição, sendo que os dois tratamentos térmicos conferiram excelente controle das podridões de antracnose para os frutos das seis cultivares amadurecidos que foram à temperatura ambiente.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1979-01-01
Como Citar
Sampaio, V., Barbin, D., & Demétrio, C. (1979). Tratamento térmico da manga: II - teste comparativo para cultivares . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 36, 671-682. https://doi.org/10.1590/S0071-12761979000100038
Seção
nd531581523