Características físicas, químicas e mineralógicas de latossois vermelho-amarelos - textura média, da região de São Manuel, Sp

  • Bernardo C. Avelar EMBRAPA
  • J.L.I. Demattê USP; E.S.A. Luiz de Queiroz; Departamento de Solos, Geologia e Fertilizantes

Resumo

Quatro perfis de Latossol Vermelho Amarelo - textura média (LVA-m) (Quartzipsamment Haplortox) e um de Aluvio (Tropic Fluvaquent) localizados em uma topossequência da região de São Manuel, Estado de São Paulo, foram estudados em suas características morfológicas, granulométricas, químicas e mineralógicas. Os perfis do LVA-m são caracterizados por serem profundos, homogêneos, de textura barro arenosa, lixiviados, ácidos, distróficos, com elevada saturação de alumínio, predominantemente caulinítico ou caulinítico-gibbsítico e com baixíssimo teor de ferro livre. Tais perfis se localizam em três superfícies fisiográficas distintas. Apesar do material de origem ser aparentemente homogêneo ele sofreu diversos retrabalhamentos caracterizados pelas linhas de pedras e pelo teor de gibbsita. Constatou-se a transformação caulinita para gibbsita através da dessilicatização O alúvio, caracterizado pela heterogeneidade de suas camadas, apresenta entretanto uma textura semelhante ao do LVA-m. Devida as características de excesso de água, drenagem lenta e posição de ocorrência, há um acumulo de bases e sílica neste solo. A transformação gibbsita para caulinita foi sugerida.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1979-01-01
Como Citar
Avelar, B., & Demattê, J. (1979). Características físicas, químicas e mineralógicas de latossois vermelho-amarelos - textura média, da região de São Manuel, Sp . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 36, 683-705. https://doi.org/10.1590/S0071-12761979000100039
Seção
nd1094409991