Fatores que afetam a fixação de fosfato nos solos do estado de São Paulo

  • M.R.S. Rodrigues USP; Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
  • F.A.F. Mello USP; E.S.A. Luiz de Queiroz; Departamento de Química

Resumo

Foi conduzido um experimento em laboratório, utilizando-se 100 amostras de solos oriundas de diferentes localidades do Estado de São Paulo, visando verificar a influência de características químicas e físicas dos mesmos sobre a capacidade de fixação de fosfatos. As amostras de solos foram submetidas, preliminarmente, a análise química e granulométrica e, posteriormente, ao teste para avaliação da capacidade de fixação de fosfatos. Os resultados encontrados foram analisados estatisticamente através de correlações lineares e correlação linear múltipla, resultando as seguintes conclusões: 1. com base nas analises de regressão linear simples as características que afetaram significativamente a capacidade de fixação de fosfato dos solos do Estado de São Paulo foram: porcentagem de carbono, teor de Al+3 trocável, C.T.C., porcentagem de argila, pH e porcentagem de areia; 2. com base na análise de regressão linear múltipla as características que mais influenciaram a capacidade de fixação de fosfato dos solos do Estado de São Paulo foram: porcentagem de carbono, teor de Mg+2 trocável, teor de Al+3 trocável e porcentagem de argila; 3. a equação que melhor exprimiu o fenômeno de fixação de fosfatos para solos do Estado de São Paulo pode ser assim expressa: Y = -2,266 - 3,484 + 3,514 + 5,559 + 1,005 %C Mg+2 Al+3 % de argila trocável trocável 4. o fenômeno de fixação de fosfatos pelo solo está sob influência do efeito conjunto das características físicas e químicas do mesmo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1981-01-01
Como Citar
Rodrigues, M., & Mello, F. (1981). Fatores que afetam a fixação de fosfato nos solos do estado de São Paulo . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 38(1), 173-184. https://doi.org/10.1590/S0071-12761981000100015
Seção
nd1076187012