Efeitos do alumínio no trigo (Triticum vulgare L. var. Piratiní) cultivado em solução nutritiva I

  • A.D. Cruz IPEAS
  • H.P. Haag USP; ESALQ
  • J.R. Sarruge USP; ESALQ
  • E. Malavolta USP; ESALQ

Resumo

Plântulas de trigo (Triticum vulgare L.) da variedade Piratiní considerada suscetível ao "crestamento" foram cultivadas em solução nutritiva empregando-se a técnica das raízes divididas. As plantas submetidas aos tratamentos correspondentes às concentrações mais elevadas de alumínio, mostraram clorose nas folhas superiores e mais característicamente inibição no desenvolvimento das raízes mergulhadas nas soluções com alumínio. Os tratamentos provocaram alterações na composição das plantas em nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio, magnésio e alumínio sem afetar o pêso da matéria sêca das diferentes par tes da planta com exceção das raízes em contato com o alumínio.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1966-12-31
Como Citar
Cruz, A., Haag, H., Sarruge, J., & Malavolta, E. (1966). Efeitos do alumínio no trigo (Triticum vulgare L. var. Piratiní) cultivado em solução nutritiva I . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 24, 107-117. https://doi.org/10.1590/S0071-12761967000100011
Seção
naodefinida