III - Ocorrência de domácias em espécies e híbridos da familia Vitaceae

  • Myrthes A. Adamoli de Barros ESALQ

Resumo

Neste trabalho, o terceiro de uma série sobre o assunto, divulgamos os estudos feitos em 57 novas variedades híbridas IAC, pertencentes à família Vitaceae. Deste total, 24 apresentaram domácias as quais se enquadram nos tipos: "em tufo de pêlos" e variações, e em "bolsas", segundo a classificação de CHEVALIER & CHESNAIS (1941). O material estudado constou de folhas não herborizadas, vindas do Instituto Agronômico de Campinas - Secção de Viticultura. As fôlhas, ainda frescas, foram examinadas em ambas as faces, superior e inferior, na junção do pecíolo, anotando-se a presença das domácias e suas particularidades tais como: aspecto, localização, tamanho, forma, etc. Pudemos observar uma pequena variação nas domácias do tipo em "tufo de pêlos", que ora aparecem como "pêlos esparsos", ora como aglomerado de pêlos e ainda como "tufo de pêlos" propriamente dito. As domácias encontradas nos 24 híbridos, estão assim distribuidas: a) domácias em "tufo de pêlos" e suas variações: 18 b) domácias "em bolsas": 6 Quanto à côr, os pêlos podem ser claros ou escuros, lisos ou crespos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1967-12-31
Como Citar
Barros, M. (1967). III - Ocorrência de domácias em espécies e híbridos da familia Vitaceae . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 25, 17-20. https://doi.org/10.1590/S0071-12761968000100003
Seção
naodefinida