Nutrição mineral de hortaliças: XX. absorção de macro e micronutrientes pela ervilha (Pisum sativum L.)

  • M. A. S. Santos Estação Experimental de Jatinã
  • H. P. Haag U.S.P; E.S.A. Luiz de Queiroz; Departamento de Química
  • J. R. Sarruge U.S.P; E.S.A. Luiz de Queiroz; Departamento de Química

Resumo

O presente trabalho teve o objetivo de estudar alguns aspectos da nutrição da ervilha, nas variedades Okaw e Asgrow 40 no que concerne a extração dos macro e micronutrientes durante o desenvolvimento das plantas. Sementes de ervilha de ambas variedades foram postas a germinação em silica. Uma vez germinados as plantulas foram irrigadas com solução nutritiva completa até ao final do ciclo. Periodicamente, de 10 em 10 dias até aos 90 dias plantas foram coletadas, mensuradas em altura, determinado o peso da matéria fresca e seca, analisadas para os macro e micronutrientes. A variedade Okaw apresentou um desenvolvimento e extração maior de nutrientes, do que a variedade Asgrow 40. A variedade Okaw apresenta maior exportação de nutriente.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1972-01-01
Como Citar
Santos, M., Haag, H., & Sarruge, J. (1972). Nutrição mineral de hortaliças: XX. absorção de macro e micronutrientes pela ervilha (Pisum sativum L.) . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 29, 127-153. https://doi.org/10.1590/S0071-12761972000100010
Seção
naodefinida