Efeitos do ácido 2-cloroetilfosfônico na maturação de frutos do tomateiro (Lycopersicon esculentum Mill. cv. 'São Sebastião')

  • Paulo R. C. Castro U.S.P; E.S.A. Luiz de Queiroz; Departamento de Botânica
  • Manoel G. C. Churata-Masca CESESP; F.M.V.A. Jaboticabal; Departamento de Fitotecnia
  • Marcel Awad CESESP; F.F.C.L. Ribeirão Preto; Departamento de Biologia

Resumo

Estudou-se a influência do ácido 2-cloroetilfosfônico (ethephon), aplicado em pré-maturação, na frutificação do tomateiro de crescimento indeterminado, cultivar 'São Sebastião'; em condições de casa de vegetação. Pela análise da produtividade verificou-se que o regulador de crescimento acelerou significativamente a maturação dos frutos, incrementando o peso e o número total de frutos por planta obtidos nas primeiras colheitas, sendo isto compensado por diminuições significativas em colheitas posteriores. Não observou-se porém, diferenças significativas no peso e número de frutos por planta, considerando a totalidade das colheitas, entre o controle e as plantas tratadas com 1000, 2000 e 4000 ppm de ethephon.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1972-01-01
Como Citar
Castro, P., Churata-Masca, M., & Awad, M. (1972). Efeitos do ácido 2-cloroetilfosfônico na maturação de frutos do tomateiro (Lycopersicon esculentum Mill. cv. ’São Sebastião’) . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 29, 159-168. https://doi.org/10.1590/S0071-12761972000100012
Seção
naodefinida