Determinação do zinco e cobre em fertilizantes por espectrofotometria de absorção atômica

  • J. C. Alcarde E.S.A. Luiz de Queiroz; Departamento de Química da E.S.A.
  • C. O. Ponchio E.S.A. Luiz de Queiroz

Resumo

O presente trabalho descreve os estudos efetuados sobre alguns aspectos dos métodos espectrofotométricos de absorção atômica, empregados na determinação do zinco e cobre em fertilizantes. Assim, foram objeto de estudos o efeito da acidez da solução da amostra, a influênca dos ânions fosfato, sulfato e nitrato, em função da acidez da solução da amostra, a durabilidade das soluções padrão e a precisão e a exatidão dos métodos. Os resultados permitiram concluir que a absorbância das soluções padrão de zinco e cobre não é afetada pela concentração de HC1, podendo esta variar de 0,1 N a 0,5 N e que os referidos métodos não sofrem a influência dos ânions fosfato, sulfato e nitrato, em qualquer concentração de HC1 dentro do intervalo entre 0,1 N e 0,5 N. Finalmente, pode-se verificar que os métodos estudados são suficientemente precisos e exatos para a determinação do zinco e cobre em fertilizantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1972-01-01
Como Citar
Alcarde, J., & Ponchio, C. (1972). Determinação do zinco e cobre em fertilizantes por espectrofotometria de absorção atômica . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 29, 303-316. https://doi.org/10.1590/S0071-12761972000100023
Seção
naodefinida