Estudo econômico e agrícola dos plantios manual e motomecanizado da cana de açúcar

Autores

  • Arthur A. Neves ESALQ; Departamento de Engenharia Rural

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0071-12761973000100009

Resumo

O autor faz um estudo de dois processos de plantio da cana de açúcar, o manual e o motomecanizado, analisando-os sob pontos de vista econômico e agrícola. Os resultados obtidos permitem concluir que: 1 - no plantio motomecanizado, um operário consome 119,42 horas para plantar 6.400 m² de canas, ao custo Cr$ 871.99 enquanto que no plantio manual, um operário consome 112.55 horas para plantar 6.400 m² de canas ao custo de Cr$ 342.06. 2 - a análise estatística dos resultados revelou que não existe diferença significativa entre o custo do plantio manual comparado com o motomecanizado. 3 - do ponto de vista agrícola, o plantio motomecanizado apresentou-se com um trabalho de melhor qualidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1973-01-01

Como Citar

Neves, A. A. (1973). Estudo econômico e agrícola dos plantios manual e motomecanizado da cana de açúcar . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 30, 105-127. https://doi.org/10.1590/S0071-12761973000100009

Edição

Seção

naodefinida