Deficiência dos macronutrientes e do boro em três variedades de amoreiras

  • A. S. Fonseca Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Departamento de Química
  • A. R. Dechen Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Departamento de Química
  • H. P. Haag E. S. A. Luiz de Queiroz; Departamento de Química

Resumo

Estacas de amoreira (Morus alba L.) das variedades Formosa, Calabreza e Fernão Dias foram cultivadas em silica e irrigadas com solução nutritiva completa e submetida a tratamentos omitindo-se um macronutrientes por vez. Num tratamento suplementar omitiu-se o boro. As plantas exibiram sintomas de carência, que foram descritos, na seguinte ordem de aparecimento: nitrogênio, magnésio, cálcio, fósforo, potássio e boro. Não foi obtida a sintomatologia da carência de enxofre. As deficiências foram confirmadas através da análise química das folhas e dos ramos de plantas sadias e deficientes.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1973-01-01
Como Citar
Fonseca, A., Dechen, A., & Haag, H. (1973). Deficiência dos macronutrientes e do boro em três variedades de amoreiras . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 30, 175-184. https://doi.org/10.1590/S0071-12761973000100012
Seção
naodefinida