Efeitos de radiações gama do 60Co na conservação da semente do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.), variedade goiano precoce

  • Júlio Marcos Filho USP; ESALQ; Departamento de Agricultura e Horticultura
  • Oswaldo P. Godoy USP; ESALQ; Departamento de Agricultura e Horticultura

Resumo

No Departamento de Agricultura e Horticultura da E. S. A. «Luiz de Queiroz», o comportamento de sementes de feijoeiro, variedade Goiano Prococe, irradiadas e conservadas em condições ambientais, foi estudado mediante a instalação periódica de testes de germinação e testes de emergência. As sementes foram submetidas a 0,0, 0,4, 0,8, 1,6, 3,2 e 6,4 krad de radiações gama na bomba de Cobalto do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Os testes de laboratório constaram da observação, em nove épocas, segundo esquema fatorial, da germinação das sementes submetidas aos diversos tratamentos. O vigor das sementes foi avaliado de acordo com a velocidade de emergência das plântulas em canteiros, segundo esquema fatorial, em seis épocas. Após as análises e discussão dos resultados, chegou-se às seguintes conclusões: a) Embora tenham sido constatados efeitos imediatos das doses de irradiação utilizadas, sobre o poder germinativo, há possibilidade de melhor conservação das sementes irradiadas por período de tempo prolongado, em condições normais de ambiente. b) Dentro das dosagens empregadas, o tratamento 0,8 krad se revelou o mais favorável; os tratamentos 0,4 e 1,6 krad também podem ser recomendados. c) Testes de vigor são mais indicados para esse tipo de estudo, por serem mais rigorosos que os de germinação.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1974-01-01
Como Citar
Marcos Filho, J., & Godoy, O. (1974). Efeitos de radiações gama do 60Co na conservação da semente do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.), variedade goiano precoce . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 31, 147-158. https://doi.org/10.1590/S0071-12761974000100010
Seção
naodefinida