Análise de crescimento do amendoinzeiro (Arachis hypogaea L.) com relação à infestação de pragas

  • Paulo R. C. Castro U. S. P; E. s. A. Luiz de Queiroz; Departamento de Botânica

Resumo

Em condições de campo, estudou-se através da análise de crescimento, os efeitos de pragas do amendoinzeiro nos fatores fisiológicos ligados à capacidade de produção da cultura. Verificou-se que em um mesmo sistema ecológico, o tratamento da cultura com defensivo incrementa o índice de área foliar e a relação de área foliar, devido a manutenção da população de pragas em nível inferior, com relação ao cultivo sem aplicação do inseticida. A taxa de assimilação aparente e a taxa de crescimento relativo revelaram-se superiores no tratamento sem defensivo, indicando que o ganho em produtos de fotossíntese e a produção de matéria seca por unidade foliar, são mais elevados neste tratamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1974-01-01
Como Citar
Castro, P. (1974). Análise de crescimento do amendoinzeiro (Arachis hypogaea L.) com relação à infestação de pragas . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 31, 207-215. https://doi.org/10.1590/S0071-12761974000100014
Seção
naodefinida