Emprego de herbicidas do grupo das uréias substituídas na cultura da cenoura (Daucus carota L.): I - controle das plantas daninhas

  • Antonio Augusto Lucchesi USP; ESALQ; Departamento de Botânica
  • Salim Simão USP; ESALQ; Departamento de Agricultura e Horticultura
  • Keigo Minami USP; ESALQ; Departamento de Agricultura e Horticultura

Resumo

Foi realizado no Campo Experimental do Setor de Horticultura da ESALQ, Piracicaba - SP, um experimento com a finalidade de verificar o efeito do linuron, cloroxuron e clorobromuron no controle de plantas daninhas na cultura da cenoura cv. "Kuroda". Foram testadas as dosagens mínima e máxima recomendadas pelos produtores dos herbicidas, em pré e pós-emergência das plantas daninhas. O linuron, tanto em pré com em pós-emergência, foi o mais eficiente, e o clorobromuron também deu bons resultados. O menos eficiente foi o cloroxuron a 6 kg/ha (dosagem mínima). Os herbicidas não conseguiram impedir o desenvolvimento das plantas daninhas até o final da cultura, havendo necessidade de se aplicar, talvez, uma outra dosagem após 40 dias de semeadura de cenoura.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1975-01-01
Como Citar
Lucchesi, A., Simão, S., & Minami, K. (1975). Emprego de herbicidas do grupo das uréias substituídas na cultura da cenoura (Daucus carota L.): I - controle das plantas daninhas . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 32, 457-464. https://doi.org/10.1590/S0071-12761975000100038
Seção
naodefinida