Nutrição mineral de plantas ornamentais: VII - absorção e deficiências de nutrientes pelo Chrysanthemum morifolium L., cv, 'Suzuki'

  • Pedro Dantas Fernandes F.M.V.A.; Departamento de Fitctecnia
  • Gilberto Diniz de Oliveira USP; ESALQ; Departamento de Química
  • Henrique Paulo Haag USP; ESALQ; Departamento de Química

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo estudar aspectos da nutrição mineral de Crisântemo, cultivar Suzuki, no que concerne: - ao efeito da omissão e presença de P, K, Ca, Mg e S, no crescimento das plantas; às quantidades de P, K, Ca, Mg, S, Cu, Fe, Mn e Zn extraídos em várias fases de seu desenvolvimento. Mudas de crisântemo foram transplantadas para vaso contendo sílica. Foram submetidas a tratamentos, que constaram do cultivo de plantas em solução nutritiva completa e omitindo um macronutriente por vez. Também foram cultivadas em condições de campo, coletando-se amostras de plantas periodicamente. Obtidos materiais de ambos os ensaios, processaram-se as análises químicas. São discutidos os sintomas de deficiência e apresentados os teores em cada órgão de plantas normais e carentes em cada elemento. Uma planta de crisântemo extrai: 231,24 mg de P; 1600,10 mg de K; 269,32 mg de Ca; 112,77 mg de Mg; 90,95 mg de S; 0,799 mg de Cu; 116,45 mg de Fe; 23,35 mg de Mn; 14,42 mg de Zn.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1975-01-01
Como Citar
Fernandes, P., Oliveira, G., & Haag, H. (1975). Nutrição mineral de plantas ornamentais: VII - absorção e deficiências de nutrientes pelo Chrysanthemum morifolium L., cv, ’Suzuki’ . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 32, 471-492. https://doi.org/10.1590/S0071-12761975000100040
Seção
naodefinida