Contribuição ao conhecimento do valor nutritivo do peixe de água doce, Pimelodus clarias Bloch (Mandi)

  • Marilia Oetterer de Andrade ESALQ; Departamento de Tecnologia Rural
  • Urgel De Almeida Lima ESALQ; Departamento de Tecnologia Rural

Resumo

Como os peixes vem sendo indicados como alimentos com um certo grau de excelência quanto à composição protéica, mineral e vitamínica, os autores pretenderam com o presente trabalho, verificar parte do valor nutritivo, do mandi, analisando: proteína, lípides, cinza, cálcio, fósforo total, fósforo inorgânico, ferro e vitamina A. Com a finalidade ainda de comparar os resultados obtidos para peixes "in natura" com as conservas, procedeu-se às determinações também de umidade, pH e cloreto de sódio. Cada 100 g dessa espécie de peixe pode suplementar cerca de 28% das necessidades calóricas diárias, 12% de fósforo, 69% de ferro e 22% de vitamina A.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1975-01-01
Como Citar
Andrade, M., & Lima, U. (1975). Contribuição ao conhecimento do valor nutritivo do peixe de água doce, Pimelodus clarias Bloch (Mandi) . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 32, 563-574. https://doi.org/10.1590/S0071-12761975000100049
Seção
naodefinida