Cristalogênese do cloreto de cobre: efeito de extratos de sementes de feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.)

  • Ibrahim Octavio Abrahão USP; ESALQ; Departamento de Solos e Geologia

Resumo

Estudam-se os modelos de cristalização de cloreto de cobre obtidos na presença de extratos de sementes de feijoeiro (P. vulgaris L.). São descritos e comparados os modelos obtidos em 11 séries de cristalização, com 5 repetições. Os fatores de variação envolvidos são: 3 variedades (roxinho, pintado, preto), 2 procedências (solos e solução nutritiva), 2 processos de obtenção de extrato (sementes secas e sementes úmidas) e 3 concentrações (0,05:0,5; 0,025:0,5 e 0,025:0,75). A conclusão principal é que o cloreto de cobre produz modelos de cristalização característicos e específicos para extratos de sementes de feijoeiro. Menos específicos são os efeitos de variedade c procedência, embora alguns caracteres possam ser assinalados.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1975-01-01
Como Citar
Abrahão, I. (1975). Cristalogênese do cloreto de cobre: efeito de extratos de sementes de feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 32, 695-704. https://doi.org/10.1590/S0071-12761975000100062
Seção
naodefinida