Solubilidade de fosfatos naturais em solução de ácido fórmico a 2%

  • J.C. Alcarde Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Departamento de Química
  • R.A. Catani Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Departamento de Química
  • A.S. Alcarde Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Departamento de Química

Resumo

No presente trabalho foram determinadas as solubilidades dos fosfatos naturais mais comumente usados no Brasil, em solição de ácido fórmico a 2%, sob diversos graus de finura e diversas relações entre a massa de material e o volume do extrator. Os resultados, comparados com a solubilidade dos mesmos materiais em solução de ácido cítrico a 2% e nas mesmas condições, permitiram as seguintes conclusões: a) a variação da solubilidade, em ordem decrescente, entre os materiais estudados foi a seguinte nos dois extratores: farinha de ossos degelatinados, hiperfosfato (fosfato da África), fosfato da Flórida, fosfato de Olinda, fosfato de Araxá e fosfato Alvorada; b) a solubilidade do hiperfosfato em solução de ácido fórmico a 2% é acentuadamente superior a sua solubilidade em solução de ácido cítrico a 2%; c) o fosfato de Araxá tem solubilidade semelhante nos referidos extratores; d) o fosfato da Flórida é um pouco menos solúvel em solução do ácido fórmico a 2% do que em solução de ácido cítrico a 2% até a relação 1/300, invertendo-se a situação em menores relações; e) as solubilidades do fosfato de Olinda e do fosfato Alvorada são ligeiramente maiores em solução de ácido cítrico a 2% do que em solução de ácido fórmico a 2%; f) a solução de ácido fórmico a 2% é mais eficiente na solubilização da farinha de ossos degelatinados do que a solução de ácido cítrico a 2%.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1975-01-01
Como Citar
Alcarde, J., Catani, R., & Alcarde, A. (1975). Solubilidade de fosfatos naturais em solução de ácido fórmico a 2% . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 32, 705-715. https://doi.org/10.1590/S0071-12761975000100063
Seção
naodefinida