Propagação da uvaieira (Eugenia uvalha camb.) através da enxertia por garfagem

Autores

  • Vladimir Rodrigues Sampaio USP; E. S. A. Luiz de Queiroz; Departamento de Agricultura e Horticultura

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0071-12761983000100004

Resumo

Ensaiou-se a enxertia por garfagem da uvaieira (Eugenia uvalha Camb.) sobre seedlings de mesma espécie através dos processos em inglês-complicado, meia-fenda e fenda-inteira e constatou-se pegamentos da ordem de 56,6; 45,5 e 52,2%, respectivamente. Os processos não diferiram entre si e a média geral foi de 51,4% de sucesso. A retirada da cobertura piástica que recobria os garfos, foi realizada 90 dias após a operação e resultou em perda de cerca de 14,3% dos enxertos dados como pegos naquela data. Considerou-se, pois, prematura essa retirada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1983-01-01

Como Citar

Sampaio, V. R. (1983). Propagação da uvaieira (Eugenia uvalha camb.) através da enxertia por garfagem . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 40(1), 95-99. https://doi.org/10.1590/S0071-12761983000100004

Edição

Seção

nao definida