Deficiências minerais em plantas de bertalha ( Basella alba, L.)

Autores

  • E.L. de F. Donald USP; E.S.A. Luiz de Queiroz; Departamento de Química
  • J.R. Sarruge USP; E.S.A. Luiz de Queiroz; Departamento de Química
  • G.J. Sfredo USP; E.S.A. Luiz de Queiroz; Departamento de Química

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0071-12761983000100030

Resumo

Plantas de bertalha (Basella alba, L.) INPA-1 foram cultivadas em casa de vegetação em quartzo moído, irrigadas com soluções nutritivas conforme SARRUGE (1975) e submetidas aos seguintes tratamentos: completo, omissão de N, omissão de P, omissão de K, omissão de Ca, omissão de Mg e omissão de S, com o objetivo de: (a) obter sintomas de deficiência dos ma cronutrientes; (b) analisar o crescimento das plantas através da produção de matéria seca; (c) determinar a concentração dos macronutrientes nas folhas e caules das plantas cultivadas nos diversos tratamentos. Os sintomas visuais de deficiência foram identificados e descritos. As plantas foram coletadas e separadas em raiz, caule, folhas e determinaram-se os teores dos macronutrientes minerais neste material. Os resultados obtidos mostram: - os sintomas visuais de deficiência são bem definidos e de fácil caracterização para todos os nutrientes; - só foi possível detectar efeito na produção de matéria seca das folhas e caules para omissão de nitrogênio e para omissão de potássio nos caules; - os níveis de deficiência e adequação obtidos nas folhas foram respectivamente: N% = 1,25 e 2,63; P% = 0,17 e 0,36; K% = 0,46 e 3,55; Ca% = 0,62e 1,78; Mg% = 0,37 e 0,80; s%= 0,19 e 0,23. - os níveis de deficiência e adequação obtidos nos caules foram respectivamente: N% = 0,67 e 0,98; P% = 0,13 e 0,31; K% = 0,73 e 2,67; Ca% = 0,11 e 0,64; Mg% = 0,08 e 0,20; S% = 0,15 e 0,20.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1983-01-01

Como Citar

Donald, E. de F., Sarruge, J., & Sfredo, G. (1983). Deficiências minerais em plantas de bertalha ( Basella alba, L.) . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 40(1), 553-573. https://doi.org/10.1590/S0071-12761983000100030

Edição

Seção

nao definida