Efeito da temperatura na germinação de sementes de vigna, feijoeiro e soja

  • P.R.C. Castro USP; E.S.A.Luiz de Queiroz; Departamento de Botânica
  • A. Archila E.S.A.Luiz de Queiroz
  • F.F.A. Aguiar E.S.A.Luiz de Queiroz
  • M.de Almeida USP; E.S.A.Luiz de Queiroz; Departamento de Botânica

Resumo

Estudou-se em condições controladas, o efeito das temperaturas de 14, 21 e 28°C na germinação de três cultivares de Vigna unguiculata, Phaseolus vulgaris e Glycine max. As sementes foram acondicionadas em placas de Petri com algodão e papel de filtro , mantidos sob alta umidade. Maior germinação foi observada a 21°C em relação as temperaturas de 14 e 28°C, para os cultivares de vigna, feijoeiro e soja. Melhor germinação foi apresentada pelos cultivares de feijoeiro Carioca e Goiano Precoce, seguidos pelo feijoeiro 'Rosinha' , vigna ' EPACE 1' e soja 'Davis' a 21ºC. Os cultivares de vigna, adaptados a altas temperaturas, apresentaram problemas na germinação a 14ºC. Normalmente a velocidade de emergência do hipocólito revelou-se inferior a velocidade de emergência da radícula.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1983-01-01
Como Citar
Castro, P., Archila, A., Aguiar, F., & Almeida, M. (1983). Efeito da temperatura na germinação de sementes de vigna, feijoeiro e soja . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 40(1), 575-583. https://doi.org/10.1590/S0071-12761983000100031
Seção
nao definida