Estudos sobre a nutrição mineral do arroz: XXIV. Absorção e redistribuição do radiofósforo nas variedades L - 45, Dourado Precoce e Penatie

Autores

  • A.V. Riera Acosta USP; ESALQ; Departamento de Química
  • B.A.A. Carnauba USP; ESALQ; Departamento de Química
  • D.M. Ciarelli USP; ESALQ; Departamento de Química
  • D.A.C. Frazão USP; ESALQ; Departamento de Química
  • H. do Prado USP; ESALQ; Departamento de Química
  • H. Bergamaschi USP; ESALQ; Departamento de Química
  • J. Mortatti USP; ESALQ; Departamento de Química
  • R. Rossetto USP; ESALQ; Departamento de Química
  • E. Malavolta USP; CENA

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0071-12761983000200013

Resumo

Foram observadas diferenças significativas na absorção do P32 em função do tempo de contacto para as cultivares L-45, Dourado Precoce e Penatie. Exceção feita no caso da L- 45 as plantas inteiras absorvem mais que as raízes destacadas. 0 mecanismo duplo de absorção atuou no caso das três variedades, uma na faixa de 1-5 umoles de H2PO-4 e outro na de 10² Cn a 10(4) umoles. A presença de uréia na solução aumenta a absorção do P fornecido por via foliar. Quando se empregou fosfato diamônico como fonte de fósforo houve maior transporte do elemento, em presença de uréia, da folha tratada para os outros órgãos da planta. 0 transporte foi maior no caso da cv. Penatie, sendo menor no caso da cv. L-45 e muito pequeno na variedade Dourado Precoce.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1983-01-01

Como Citar

Riera Acosta, A., Carnauba, B., Ciarelli, D., Frazão, D., Prado, H. do, Bergamaschi, H., Mortatti, J., Rossetto, R., & Malavolta, E. (1983). Estudos sobre a nutrição mineral do arroz: XXIV. Absorção e redistribuição do radiofósforo nas variedades L - 45, Dourado Precoce e Penatie . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 40(2), 945-983. https://doi.org/10.1590/S0071-12761983000200013

Edição

Seção

nao definida