Aproveitamento de algumas fontes de potássio pelo sorgo sacarino (Sorghum bicolor (L.) Moench)

Autores

  • Antonia A. Vidal Banco do Brasil
  • Andre Martin Louis Neptune USP; Geologia e Fertilizantes, E. S.A. Luiz de Queiroz; Departamento de Solos

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0071-12761983000200027

Resumo

Com o objetivo de estudar a eficiência de três materiais potássicos originários de Poços de Caldas, MG, e submetidos a tratamento hidrotérmico, foi conduzido um experimento de campo, utilizando o sorgo sacarino (Sorghum bicolor (L.) Moench) cultivar "Start". Os materiais potássicos foram analisados para determinação do teor de potássio; também foram feitas análises granulométricas dos mesmos. O experimento foi desenvolvido na Fazenda Experimental Areio da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", Piracicaba, São Paulo, em Terra Roxa Estruturada de fertilidade mediana. As fontes de potássio foram comparadas com o cloreto de potássio e utilizou-se de duas doses de K2O/ha (100 kg/ha de K(2)0 e 200 kg/ /ha de K2O). Após a colheita do experimento foram feitas análises de produção de colmos e grãos, teores de potássio nas folhas, colmos e grãos, quantidade do elemento exportado pelos colmos e grãos, além de análises tecnológicas para determinação das quantidades de açúcar total recuperável e de álcool etílico. Através dos resultados obtidos e analisados concluiu-se que: - O material potássico designado por amostra 2 apresentou maior teor de K2O solúvel em ácido cítrico 2% (26,02%) e resultou em maior produção de grãos e maior quantidade de potássio extraída pelos mesmos, quando aplicado na dose 2 (200 kg/ /ha de K2O). - O material potássico designado por amostra 1 (27,5% de K2O solúvel em ácido cítrico 2%) apresentou a menor granulometria, porém, nem sempre o material de menor grau de finura é o mais solúvel. - Houve resposta à aplicação das fontes de potássio no que diz respeito aos teores deste elemento nos colmos e a quantidade do elemento extraída pelos mesmos, porém não houve diferença entre as fontes utilizadas. - O cloreto de potássio, quando aplicado na dose 2 (200 kg/ha de K2OT teve efeito negativo na produção de grãos, na porcentagem de potássio nos grãos e a quantidade de potássio extraída pelos mesmos. - Houve resposta ã aplicação das fontes de potássio no que diz respeito à quantidade de açúcar total recuperável e produção de álcool teorico, porém, o comportamento das fontes foi semelhante.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1983-01-01

Como Citar

Vidal, A. A., & Neptune, A. M. L. (1983). Aproveitamento de algumas fontes de potássio pelo sorgo sacarino (Sorghum bicolor (L.) Moench) . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 40(2), 1333-1370. https://doi.org/10.1590/S0071-12761983000200027

Edição

Seção

nao definida