Influência da secagem, armazenamento e embalagem nos resultados da análise química de terra para fins de fertilidade

  • J.C. Chitolina Universidade de São Paulo; E.S.A.Luiz de Queiroz; Departamento de Química
  • N.A.da Glória Universidade de São Paulo; E.S.A.Luiz de Queiroz; Departamento de Química
  • A.E. Boaretto USP; CENA; Seção de Nutrição Mineral de Plantas
  • P.R. Curi UNESP; Faculdade de Medicina Veterinária
Palavras-chave: análise química da terra, secagem, tempo de armazenamento e embalagem de amostra de terra

Resumo

Amostras de terra provenientes de uma Terra Roxa Estruturada e um Latossol Vermelho Escuro textura média foram analisados quimicamente para se verificar a influência de embalagem (caixa de papelão saco de polietileno), tempo de armazenamento (1-32 dias) e processo de secagem (ao ar ou estufa a 60°C). A secagem foi o fator que mais influenciou a análise determinando variações nos resultados analíticos principalmente para pH e fósforo. O armazenamento apresentou influência apenas para fósforo trocável enquanto que a embalagem não influiu nos resultados. As variações dos resultados analíticos para pH, em função da secagem, e fósforo, em função da secagem e tempo de armazenamento, foram de ordem a alterar a interpretação da fertilidade quanto aos limites de classes.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1989-01-01
Como Citar
Chitolina, J., Glória, N., Boaretto, A., & Curi, P. (1989). Influência da secagem, armazenamento e embalagem nos resultados da análise química de terra para fins de fertilidade . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 46(2), 343-359. https://doi.org/10.1590/S0071-12761989000200005
Seção
Artigos