A ração úmida no crescimento dos pintos

Autores

  • Armando Bergamin

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0071-12761946000100027

Resumo

A experiência foi realizada com a finalidade de verificar uma possível influência benéfica da ração úmida no crescimento de pintos. Preliminarmente foram tomados 2 lotes de 50 pintos Light Sussex, alimentados respectivamente, com ração úmida e sêca. Na segunda experiência foram tomados 4 lotes de 25 pintos das raças Rhode Island Red e Light Sussex e submetidos a idêntico tratamento, isto é, dois lotes de raças diferentes alimentados com ração seca e dois outros com ração úmida. Os pintos foram pesados com intervalos de 10 dias. Verificou-se que embora os pintos alimentados com ração úmida tivessem um aumento de pêso maior que os outros, essa diferença não chega a ser significativa e o tratamento não é compensador porque acarreta considerável aumento de trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1946-01-01

Como Citar

Bergamin, A. (1946). A ração úmida no crescimento dos pintos . Anais Da Escola Superior De Agricultura Luiz De Queiroz, 3, 438-446. https://doi.org/10.1590/S0071-12761946000100027

Edição

Seção

nao definida