Modernização e relações de trabalho na agricultura brasileira

Autores

  • Rodrigo Constante Martins

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1808-1150.v0i4p165-184

Palavras-chave:

relações de trabalho na agricultura, trabalho e capitalismo, agricultura e capitalismo, modernização da agricultura, trabalho, natureza e agricultura

Resumo

A elaboração de conceitos teóricos sobre a chamada industrialização da agricultura brasileira envolve a contextualização analítica mais ampla dos processos agrários. Para além das explicações sobre o aprofundamento das relações entre indústria e agricultura, a produção conceitual acerca deste processo gerou impactos substantivos sobre a própria constituição dos discursos políticos em torno da transição do trabalho rural no país para uma etapa eminentemente moderna. O objetivo deste artigo é realizar uma revisão crítica da formulação do conceito industrialização da agricultura, dando ênfase às implicações desta abordagem conceitual nas análises sobre as relações de trabalho na agricultura brasileira. Faremos o uso analítico da categoria marxista de totalidade como proposta de construção de abordagens concretas sobre as especificidades das relações de trabalho produzidas no movimento de modernização da agricultura nacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-06-17

Como Citar

Martins, R. C. (2006). Modernização e relações de trabalho na agricultura brasileira. Agrária (São Paulo. Online), (4), 165-184. https://doi.org/10.11606/issn.1808-1150.v0i4p165-184