O mercado de terras nos cerrados piauianses: modernização e exclusão

  • Vicente Eudes Lemos Alves
Palavras-chave: Mercado de terras, Modernização agrícola, cerrados piauienses, exclusão

Resumo

O presente artigo discute a formação do mercado de terras nos cerrados
piauienses a partir do avanço da modernização agrícola na região. Embora a
consolidadção desse mercado tenha ocorrido nos anos 1990, é um fenômeno que se
inicia na década de 1970, quando os primeiros investidores adquiriram terras no sul do
Piauí para o desenvolvimento de projetos de modernização agropecuária e de
reflorestamentos, financiados com recursos públicos da Sudene. Nesse período,
ocorreu também o aumento da apropriação privada de maneira irregular das terras
devolutas, através da grilagem, sobretudo, das localizadas nos denominados platôs
planos dos Gerais. A privatização, a valorização e a intensificação da especulação
imobiliária dessas áreas trouxeram importantes impactos para as comunidades
camponesas locais, na medida em que houve uma substancial redução do uso
comunitário e a expulsão das populações posseiras moradoras nos baixões. Neste
sentido, o processo de modernização em curso dos cerrados piauienses se revela um
fenômeno excludente para a maioria de sua população.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2009-12-08
Como Citar
Alves, V. E. (2009). O mercado de terras nos cerrados piauianses: modernização e exclusão. Agrária (São Paulo. Online), (10-11), 73-98. https://doi.org/10.11606/issn.1808-1150.v0i10-11p73-98