O processo de conquista do território dos Akwẽ-Xerente no estado do Tocantins

  • Layanna Giordana Bernardo Lima Universidade Federal do Tocantins
Palavras-chave: Akwẽ-Xerente, Território, Tocantins, Conflitos de terras, Cultura

Resumo

Este texto é uma parte da pesquisa de doutorado em Geografia Humana, cujo objetivo é estudar as transformações sociais, econômicas e ambientais vivenciadas no território dos Akwẽ-Xerente. Assim, será apresentada a história de contato e conquista do território dos Akwẽ-Xerente, no centro-oeste do estado do Tocantins, marcada por grandes conflitos com fazendeiros, grileiros e posseiros. Para as análises e entendimento desses conflitos, foram utilizados como referenciais teóricos os estudos de Chaim (1983), Gallois (2004), Ribeiro (1996), Apolinário (2006), De Paula (2000), Oliveira-Reis (2001), Martins (2012), dentre outros. Atualmente, os Akwẽ-Xerente têm como grande desafio a permanência da organização política e da língua entre os jovens indígenas e a sobrevivência econômica e social dentro e fora do seu território. Essa problemática foi construída, principalmente, nas interferências das políticas públicas federais e suas alterações nas relações com o Estado e na cultura de massa capitalista invadindo o cotidiano dos Akwẽ-Xerente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Layanna Giordana Bernardo Lima, Universidade Federal do Tocantins

Doutoranda em Geografia Humana da Universidade de São Paulo e professora da Universidade Federal do Tocantins/Campus de Miracema do Tocantins.

Publicado
2013-12-04
Como Citar
Lima, L. G. B. (2013). O processo de conquista do território dos Akwẽ-Xerente no estado do Tocantins. Agrária (São Paulo. Online), (19), 61-85. https://doi.org/10.11606/issn.1808-1150.v0i19p61-85
Seção
Dossiê