Caminhos e descaminhos da nacionalização do Exército brasileiro no período Regencial (1831-1840)

  • Fabiana Mehl Sylvestre Rodrigues Universidade Federal do Paraná; Programa de Pós-Graduação em História
Palavras-chave: Exército, modernização, Regência

Resumo

Neste artigo analisamos algumas das clivagens existentes dentro da elite política e da alta cúpula de oficiais do Exército brasileiro no que concerne à elaboração e consecução de projetos distintos de "nacionalização" das Forças de 1ª Linha. Mediante tal análise, é possível perceber que ao mesmo tempo em que se gestavam, no país, os dois principais partidos políticos do Império, também nasciam diferentes opiniões acerca do papel das Forças Armadas no cenário nacional, que se expressaram em propostas distintas de ruptura com alguns aspectos próprios do Antigo Regime Português ainda presentes na instituição militar ao longo do Período Regencial (1831-1840).

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2006-05-01
Edição
Seção
Artigos