Mediações em tempos híbridos: entre pátrias e revoluções

  • Marco Morel Universidade do Estado do Rio de Janeiro; Institutot de Filosofia e Ciências Humanas; Departamento de História
Palavras-chave: revolução, liberalismo, idéias políticas, tráfico negreiro, Independência, relações internacionais

Resumo

A presença de François-René de Chateaubriand como agente entre "Dois Mundos", sobretudo diante das questões das independências e do tráfico de escravos entre Américas e Europa, remete às concepções de pátria, colônia e independência, questões que são recolocadas como centrais nas relações entre Estados na Europa, no contexto de busca de estabilização política e social no período pós-Revolução Francesa.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-05-01
Seção
Forum