Imaginar Revolucionar: estratégias para influenciar e influir nos fluxos de informação

  • Vinicius Souza Universidade Paulista UNIP
Palavras-chave: ornalismo, Mídia, Fato, Imagem, Imaginário Coletivo

Resumo

Qual a diferença entre os “fatos históricos” que ganham fortes representações dentro do imaginário coletivo global e aqueles renegados às notas de rodapé e objetos de estudo em pesquisas acadêmicas sem maior publicidade? Como esse imaginário tem sido construído tradicionalmente e quais as possibilidades atuais de se influir nesse processo? Podem os meios alternativos e a evolução da telemática servirem como ferramentas de inclusão de novas informações e discussões no imaginário coletivo?

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vinicius Souza, Universidade Paulista UNIP
Jornalista, fotógrafo e documentarista independente. Bacharel em Comunicação Social com habilitação em jornalismo pela Faculdade Cásper Libero (1992). Mestrando em Comunicação pela Universidade Paulista UNIP
Publicado
2012-09-06
Como Citar
Souza, V. (2012). Imaginar Revolucionar: estratégias para influenciar e influir nos fluxos de informação. Revista Alterjor, 1, 1-16. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/alterjor/article/view/88182