Políticas Públicas para a Educação, a Privatização do Ensino Superior e suas Conseqüências para os Cursos de Jornalismo de IES

  • Andreia Terzariol Couto Grupo de Pesquisa de Jornalismo Popular e Alternativo – (USP)
Palavras-chave: Jornalismo, Políticas Públicas, Ensino Superior, Privatização do Ensino

Resumo

Este artigo apresenta algumas discussões acerca do universo estudantil de jornalismo em universidades privadas em Campinas, São Paulo, inseridas no debate acerca das políticas públicas para a educação, a crescente privatização do ensino, principalmente do terceiro grau, e como se situam os cursos de jornalismo em IES diante desse quadro. Nesse cenário, são feitas algumas considerações a respeito das alternativas possíveis que poderiam ser apresentadas pelas políticas públicas e as alternativas que têm diante de si os futuros jornalistas em relação à sua formação nesse cenário e como elas interferirão na sua profissão. O trabalho é conduzido à luz de reflexões teóricas que investigam os temas comunicação e políticas públicas para o setor de comunicação

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andreia Terzariol Couto, Grupo de Pesquisa de Jornalismo Popular e Alternativo – (USP)
Graduada em Letras e Jornalismo, Mestre em Jornalismo e Doutora pela Unicamp – Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, integrante do grupo de pesquisa Alterjor - Grupo de Pesquisa de Jornalismo Popular e Alternativo – (USP) e docente em curso de Jornalismo
Publicado
2012-09-09
Como Citar
Couto, A. (2012). Políticas Públicas para a Educação, a Privatização do Ensino Superior e suas Conseqüências para os Cursos de Jornalismo de IES. Revista Alterjor, 4(2), 1-14. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/alterjor/article/view/88232