Contribuições da noção de consciência política para a pesquisa e a prática da comunicação comunitária

Autores

  • Guilherme Borges da Costa Université de Caen-Basse Normandie
  • Luzia Mitsue Yamashita Deliberador Universidade Estadual de Londrina
  • Alessandro Soares da Silva Universidade de São Paulo

Palavras-chave:

Comunicação comunitária, Consciência política, Participação, Socialização política

Resumo

Este artigo discute as contribuições da noção de consciência política para a pesquisa e prática da comunicação comunitária. Partimos de uma revisão de literatura sobre comunicação comunitária, discutindo sua vinculação com a noção de participação. Na sequência qualificamos tal noção a partir da discussão sobre consciência política, apresentando o “Modelo para o Estudo de Consciência Política” de Sandoval (2001). Por fim, discutimos as contribuições deste modelo e da teoria a ele relacionada para o estudo e prática da comunicação comunitária, a partir de três pontos de análise: o papel da identidade coletiva nas relações de grupo; a questão da eficácia política e sua relação com a capacidade de mobilização e resistência do grupo; o papel das vontades dos participantes no que se refere à ação coletiva. O entendimento é que a comunicação comunitária pode ser uma ferramenta de socialização política e um instrumento de ação para fazer frente à incompetência democrática mencionada por Breton (2006) e de enfrentamento da crise política contemporânea discutida por Dorna (2004, 2006)

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Guilherme Borges da Costa, Université de Caen-Basse Normandie

Doutorando em Psicologia na Université de Caen Basse-Normandie, vinculado ao Centre d'étude et de recherche sur les risques et les vulnérabilités (EA 3918- CERReV), integrante da linha de pesquisa Politique, Institution et Symbolique (POLIS). Bolsista CAPES/Ciência sem Fronteiras – Processo n. 0680/13-3. Jornalista.

Luzia Mitsue Yamashita Deliberador, Universidade Estadual de Londrina

Doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (USP); docente do curso de graduação em Jornalismo da Faculdade Maringá e do curso de Pós Graduação Lato Sensu em Comunicação Popular e Comunitária da UEL. É membro e vice-coordenadora do grupo de pesquisa COMUNI (Cnpq).

Alessandro Soares da Silva, Universidade de São Paulo

Livre-docente, Universidade de São Paulo (USP); doutor em Psicologia pela PUC/SP; docente do curso de Gestão em Políticas Públicas da EACH/USP. Coordenador do Gepsipolim/USP.

Downloads

Publicado

2014-11-28

Como Citar

Costa, G. B. da, Yamashita Deliberador, L. M., & Soares da Silva, A. (2014). Contribuições da noção de consciência política para a pesquisa e a prática da comunicação comunitária. Revista Alterjor, 10(2), 26-44. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/alterjor/article/view/88321