A espetacularização do esporte e o infotenimento no jornalismo esportivo: o Globo Esporte (TV) e o UOL Esporte durante a Copa do Mundo de 2014

  • Carlos Henrique de Souza Padeiro Escola de Comunicações e Artes
Palavras-chave: Copa do Mundo, Infotenimento, Jornalismo, UOL Esporte, Globo Esporte

Resumo

Este artigo busca compreender como a superexposição midiática compõe a espetacularização do esporte para transformar um megaevento esportivo em mercadoria. O conteúdo produzido é infotenimento (informação mais entretenimento), e a análise do Globo Esporte mostra que o objetivo do principal programa esportivo da Rede Globo foi o de promover a Copa do Mundo de 2014, sem uma visão crítica no que tange à organização do torneio de futebol realizado no Brasil. O UOL Esporte apontou denúncias e falhas, mas a maior parte do seu noticiário reflete a mesmice da pauta: a cobertura dos jogos, treinos e as mesmas entrevistas coletivas dos protagonistas da competição. Absorve-se o discurso de exposição do megaevento para disputa de audiência, numa lógica criada para vender ao anunciante

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Henrique de Souza Padeiro, Escola de Comunicações e Artes
Mestrando em Ciências da Comunicação (USP)
Bacharel em Comunicação Social (Habilitação em Jornalismo) (USP)
Publicado
2015-05-10
Como Citar
Padeiro, C. (2015). A espetacularização do esporte e o infotenimento no jornalismo esportivo: o Globo Esporte (TV) e o UOL Esporte durante a Copa do Mundo de 2014. Revista Alterjor, 10(2), 143-158. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/alterjor/article/view/97916